“Coragem, levanta-te, Jesus te chama!”

O Evangelista Marcos 10,46-52 neste domingo 24/10 relata o momento decisivo da vida de Bartimeu. Um encontro pessoal e direto com Jesus intermediado por outras pessoas que caminhavam com Ele passando por Jericó. A cegueira de Bartimeu fez dele um homem marginalizado, um mendigo à beira do caminho. Estava isolado duplamente: por não ver, não estar e caminhar com os outros. A estrada é meio de comunicação, lugar de passagem, lugar para aqueles que veem, trabalham e tem pressa para chegar.  O único contato que Bartimeu tem com os outros é na forma de dependência pelas esmolas. É uma relação de benfeitor e beneficiado. Estava condenado a uma passiva resignação.   Porém, um imprevisível encontro começou a mudar a sua…

Ler mais

São Vicente de Paulo

“Amarás ao Senhor teu Deus de todo o teu coração, de toda a tua alma e espírito e amarás ao teu próximo como a ti mesmo” (Mt 22,37-39). Se não foi o lema da vida deste santo, viveu como se fosse. São Vicente de Paulo nasceu em 24 de abril de 1581, na aldeia de Pouy, nas “Landes”, França. Seu pai se chamava João de Paulo, e sua mãe Bertranda de Moras. Tinham uma pequena propriedade de que tiravam a subsistência para a família, composta de seis filhos. Vicente que era o terceiro filho, trabalhava no campo com o pastoreio dos…

Ler mais

Quer se destacar? Sirva!

“Eu entendo a vida como uma competição para abrir espaço para mim mesmo às custas dos outros ou acho que se sobressair significa servir? E, concretamente: dedico tempo a algum “pequeno”, a uma pessoa que não tem meios para retribuir? Eu cuido de alguém que não pode me retribuir ou apenas de meus parentes e amigos?”: perguntas a nos fazermos, sugeriu o papa Francisco. Quer se destacar? Sirva! E justamente esta frase pronunciada pelo Mestre marca uma inversão nos critérios daquilo que realmente importa: O valor de uma pessoa não depende mais do papel que ela desempenha, do sucesso que…

Ler mais

Setembro: Mês da Bíblia

Vem aí o mês da Bíblia: setembro. Por que e para quê? Porque dia 30 de setembro é dia de Jerônimo (342-420), o tradutor da Bíblia para o latim, a Vulgata. Um dos pilares da patrística, Jerônimo colocou a Bíblia na linguagem do povo, o latim. E também porque, com a Opção pelos Pobres e a Dei Verbum, um dos ótimos Documentos do Concílio Vaticano II, a leitura da Bíblia a partir dos pobres, de forma comunitária, militante (macro), ecumênica e transformadora, foi incentivada e vem sendo feita há cinquenta anos. Inicialmente com o Dia da Bíblia e sucessivamente, Tríduo…

Ler mais

O testemunho de fé dos leigos no mundo!

Estimados irmãos e irmãs em Jesus Cristo! Neste mês vocacional, não poderíamos deixar de recordar e celebrar a vocação de leigos e leigas na vida da Igreja, tendo presente que eles são os grandes protagonistas na Igreja em nossas comunidades. O Concílio Vaticano II é um marco na vida da Igreja, porque marcado por um olhar sobre o passado, tendo presente o caminho percorrido, mas também por um olhar de esperança em relação ao futuro, lembrando que o Reino de Deus vai sendo construído na realidade da vida do Povo de Deus, com suas alegrias e provações. O Concílio também…

Ler mais

A família a serviço do Senhor

“Quanto a mim e à minha família, nós serviremos ao Senhor. E o povo respondeu, dizendo: ‘Longe de nós abandonarmos o Senhor, para servirmos a deuses estranhos’” (Js 24,15-16). Hoje (14/9/2021), especialmente na semana da família, queremos lembrar São Maximiliano Maria Kolbe, que deu sua vida para salvar a vida de um pai de família. A Igreja é aquela que dá a vida para salvar uma família. A família é tão sagrada, a família é tão importante, a família é tão sublime, que nós temos que dar o melhor de nós para salvá-la. Aqui, é importante lembrar que cada pai…

Ler mais

Transfiguração do Senhor: uma lição de fé e esperança

Dom Orani explica que o episódio da Transfiguração chegou até nós através dos relatos dos Evangelhos Sinóticos (Mt 17,1-9; Mc 9,2-10; Lc 9,28-36), mas também através de uma alusão contida na Segunda Carta de São Pedro Apóstolo (1.16 a 18) proposta pela forma litúrgica como uma leitura do livro do profeta Daniel (7-9-10.13-14), se a festa for celebrada na semana. A Transfiguração é, segundo dom Orani, portanto, uma teofania, uma manifestação tanto da vida divina de Cristo como da Trindade. “Nesse sentido, o episódio da vida de Jesus é considerado como o batismo de Jesus no Jordão. A voz do…

Ler mais

Vocação: caminho de vida

(…) Num tempo em que a própria sociedade privilegia o sucesso profissional e financeiro, torna-se desafiador propor a salutar necessidade de uma reflexão aprofundada para favorecer, sobretudo, aos jovens, opções de vida que possam fornecer-lhes o árduo itinerário existencial de desvendar e viver constantemente a relação com a totalidade da realidade: o mundo, os demais seres humanos e Deus. Desde que o mundo deixou de ser transparente para Deus e a realidade passou a ser considerada a partir da força de transformação desenvolvida pelo trabalho humano, ou seja, pelo critério da profissionalidade, se reduziu drasticamente a compreensão da identidade, origem…

Ler mais

São Joaquim e Sant’Ana

Celebramos no dia 26 de julho a memória dos pais de Nossa Senhora: São Joaquim e Sant’Ana. Em hebraico, Ana exprime “graça” e Joaquim equivale a “Javé prepara ou fortalece”. Alguns escritos apócrifos narram a respeito da vida desses que foram os primeiros educadores da Virgem Santíssima. Também os Santos Padres e a Tradição testemunham que São Joaquim e Sant’Ana correspondem aos pais de Nossa Senhora. Sant’Ana teria nascido em Belém. São Joaquim na Galileia. Ambos eram estéreis. Mas apesar de enfrentarem esta dificuldade, viviam uma vida de fé e de temor a Deus. O Senhor então os abençoou com o nascimento da…

Ler mais

O Senhor é meu Pastor

Ao celebramos o 16º Domingo do Tempo Comum (2021), acolhemos a mensagem que a Palavra de Deus nos traz, reconhecendo a bondade e a preocupação de Deus em nos conduzir sempre no caminho do bem, fazendo-nos superar nossas fragilidades e sofrimentos, dores e angústias. Com seu amor renova nossas alegrias e esperanças. (…) No Evangelho vemos os discípulos que voltam a Jesus depois de realizarem uma missão. Cansados e abatidos precisam de descanso. Sentindo isso, Jesus os convida: “Vinde sozinhos para um lugar deserto e descansai um pouco”. Mas ao se deparar com uma multidão que os seguem, Jesus sente…

Ler mais