Frei Galvão, o primeiro santo brasileiro

Santo Antônio de Sant’Ana Galvão, OFM, mais conhecido como Frei Galvão (Guaratinguetá, 1739 – São Paulo, 1822) foi um frade católico e primeiro santo nascido no Brasil. Foi canonizado pelo papa Bento XVI durante sua visita ao Brasil – São Paulo, em 11 de maio de 2007. O pai, Antônio Galvão de França, nascido em Portugal, era o capitão-mor da vila. Sua mãe, Isabel Leite de Barros, era filha de fazendeiros, bisneta do famoso bandeirante Fernão Dias Paes Leme, o “caçador de esmeraldas”. Antônio viveu com seus irmãos numa casa grande e rica, pois seus pais gozavam de prestígio social…

Ler mais

São Lucas, rogai por nós!

No dia 18 de outubro a Igreja celebra a memória litúrgica de São Lucas. Lucas nasceu em Antioquia da Síria, médico de profissão foi convertido pelo apóstolo São Paulo, do qual se tornou inseparável e fiel companheiro de missão. Colaborador no apostolado, o grande apóstolo dos gentios em diversos lugares externa a alta consideração que tinha por Lucas, como portador de zelo e fidelidade no coração. Ambos fazem várias viagens apostólicas, tornando-se um dos primeiros missionários do mundo greco-romano. Tornou-se excepcional para a vida da Igreja por ter sido dócil ao Espírito Santo, que o capacitou com o carisma da…

Ler mais

Nossa Senhora Aparecida

 “Viva a Mãe de Deus e nossa, sem pecado concebida! Viva a Virgem Imaculada, a Senhora Aparecida!” Quantas vezes, cada dia, esse canto se eleva aos céus, em grandes igrejas, em pequenas grutas ou em humildes casas de nosso povo? Na simplicidade de suas palavras, é uma saudação, uma invocação de filial devoção e de confiança na Mãe de Deus. Poucos santuários marianos têm uma história tão simples como o de Aparecida. Em 1717, três pescadores, Domingos Garcia, João Alves e Felipe Pedrosa, moradores nas margens do rio Paraíba do Município de Guaratinguetá, desanimados por não terem apanhado peixe algum,…

Ler mais

A alegria de uma visita amiga

No dia 20 de julho, tradicionalmente, é comemorado o dia do amigo. Em nossos dias, são tantas as visitas, e com tão diferentes sabores. Podemos falar de visitas físicas e virtuais. Há sempre mais visitas que nos chegam via internet ou por telefone, nem sempre desejáveis. Pelas redes sociais somos visitados a cada instante. Isso nos ocupa e a tais visitas é dedicado sempre mais tempo. Visitas virtuais certamente trazem informações e nos possibilitam tantos contatos. Há jovens hoje que quase não saem mais do seu quarto. Somente vida de comunhão com outros e com O Outro (Deus) pode fazer-nos…

Ler mais

Vida plena

A esperança não pode morrer! Embora, em alguns ambientes, o tédio, compreendido como o fastio de viver, e a ansiedade, que se expressa num medo estranho da existência como tal, apresentem sinais preocupantes, a esperança cristã aponta para frente e, por isso mesmo, pressupõe abertura e disposição para a transformação do presente. A esperança cristã oferece ao ser humano a oportunidade para entrar na dinâmica da eternidade, isto é, numa “condição existencial que não é estática, mas dinâmica e vivaz (S. Gregório). O itinerário característico dos discípulos do Ressuscitado oferece o necessário para colher o sentido profundo e amplo da…

Ler mais

A Igreja em saída é a Igreja Missionária

Foi o Papa Francisco quem nos trouxe a expressão “Igreja em saída”. Isto porque ele certamente sentiu em seu coração a necessidade de conclamar a Igreja para uma postura missionária que não somente esperasse de portas abertas aqueles que dela necessitam, mas que fosse ao encontro dos afastados e excluídos da sociedade. Olhando para a realidade que nos cerca, o quadro parece desanimador. Primeiro porque vivemos numa realidade de grande indiferença religiosa. Segundo porque a nossa Igreja não tem tanta visibilidade como tinha antes. Hoje existem grandes denominações cristãs, sobretudo as de cunho neopentecostal, que avançam de forma irreversível sobre…

Ler mais

A sacralidade da Família: O amor como a base de todas as relações

A partir de alguns modelos de família na Bíblia, somos convidados a olhar para a nossa família e ver como ela está fazendo as seguintes perguntas: quais são os valores que temos e quais são as coisas a que não damos valor? Como anda o nosso relacionamento familiar? Existe amor, respeito, compreensão? Existe temor de Deus, configurado na prática religiosa, na participação nas Missas, na oração em família, na ajuda mútua? O que precisamos melhorar na nossa família?Para responder a essas e outras interrogantes sobre a família trago aqui um texto bíblico do Antigo Testamento que nos aponta luzes.O livro…

Ler mais