Comunidade São José PDF Imprimir E-mail

 

O bairro Pé Pequeno, o Largo do Marrão, a rua Paulo César, rua Dionísio Erthal, rua Gastão Gonçalves, parte da Marquês do Paraná e rua Noronha Torrezão constituem a maior área geográfica e populacional pertencentes à Paróquia do Sagrado Coração. Em setembro de 1996, com o objetivo de tornar a Paróquia  mais conhecida aos moradores desta região, um pequeno grupo do Santuário começou a planejar uma forma de atuação nesta área. Alguns moradores do Pé Pequeno iniciaram o Círculo Bíblico, nas dependências do Colégio Centro Educacional (Centrinho), na rua Itaguaí. Após um  tempo começaram a rezar o terço semanalmente no Centrinho. Por ocasião do Natal, fizeram a novena do Natal no prédio da Travessa Faria, e o grupo foi crescendo. Padre Paulo Roberto, então Pároco do Santuário, visitou as famílias do local com o propósito de iniciar ali uma missão popular. Através de uma eleição para escolher o padroeiro, nasceu a Comunidade São José.

 

A primeira missa, na rua Magé, foi celebrada em louvor à Nossa Senhora de Fátima. Durante muito tempo, as missas, Via-Sacra e as atividades eram realizadas na rua Magé.

 

Uma  moradora ofereceu a casa da filha, provisoriamente, para que pudessem realizar as atividades com mais segurança, e assim foi feito na rua Itaperuna, 174. Neste local iniciou a Celebração do Sagrado Coração, na primeira sexta-feira, missa no primeiro sábado, catequese juvenil e de adultos, batizado, Pastoral da Criança, alfabetização de adulto, festival de prêmios, Círculo Bíblico, terço semanal, festa junina, Via-Sacra nas ruas,  bazar, almoço comunitário e Novena de Natal.

 

Após três anos tivemos que desocupar a casa, pois a filha retornou para lá. Um casal ofereceu seu quintal onde estamos até hoje e onde realizamos a Celebração do Sagrado Coração, na primeira sexta-feira, Missas no 1º e 3º sábados, Missa Festiva dia 19 de março em Louvou ao Protetor das Famílias, terço dos homens, terço das famílias, Pastoral das Crianças, Círculo Bíblico, batizado, Novena de Natal, Via-Sacra e almoço comunitário. E ainda, visita nas casas pelas Capelinhas de Nossa Senhora do Sagrado Coração e de São José, visita aos doentes e idosos e comunhão domiciliar pelos Ministros. No dia primeiro de maio, Missa Festiva ao Protetor dos Trabalhadores e Trabalhadoras, na rua Magé, com confraternização e barracas de comidas.

 

A Comunidade São José, hoje, fica na Rua Itaperuna, 94, residência do Sr. Carlos Alberto e Srª Aparecida.

A coordenadora é Nize Villela.